fbpx

Muita gente tem dúvidas sobre o funcionamento do piso radiante. Não é para menos, afinal esse é um sistema relativamente novo no Brasil.

Nos países mais frios como Canadá, Dinamarca, Noruega, Suécia e até mesmo nos Estados Unidos, ele já é bastante difundido.

Mas será que ele é mesmo seguro? Será que o piso radiante realmente aquece o ambiente? E, sobretudo, ele é melhor que o ar quente? E o consumo de energia, é alto?

Essas são apenas algumas questões que são levantadas pelas pessoas acerca do piso radiante, e para respondê-las, decidimos fazer esse artigo. Dá só uma conferida.

O que é o piso radiante?

Antes de mais nada é preciso que você entenda que piso radiante e piso aquecido são a mesma coisa. Mas, afinal, isso é um tipo de piso?

Embora o nome possa sugerir isso, a verdade é que o piso radiante não é um tipo de piso, mas sim um sistema que vai embaixo do piso.

Esse sistema pode ser tanto hidráulico quanto elétrico. E uma vez instalado, você pode regular a temperatura do ambiente da sua casa.

Qual sistema é melhor, elétrico ou hidráulico?

Em regra, não existe um sistema melhor que o outro. A questão é que o sistema elétrico é mais fácil de ser instalado e também faz menos sujeira.

Só para ter uma ideia, são dois tipos de sistema elétrico que podem ser instalados: o cabo calefatores e a manta para laminados.

O mais usado é o cabo para calefatores, pois ele é compatível com qualquer piso e revestimento do mercado.

piso radiante aquecido

Esse sistema é instalado acima do contrapiso e por isso é indicado tanto para quem está reformando quanto para quem está construindo.

Já a manta para laminados é compatível apenas com pisos flutuantes, que são aqueles que não são fixados na base como os pisos laminados.

Essa é uma boa opção para quem não quer fazer muita sujeira na obra, uma vez que esse sistema não exige nenhum tipo de material cimentício.

Por fim, o sistema hidráulico é indicado para obras maiores, onde haja uma limitação de carga elétrica.

Ele é compatível com várias fontes de aquecimento como gás, lenha, dentre outros. Para obras menores, o ideal é o sistema elétrico.

Quais são as principais vantagens do sistema de piso radiante?

A principal vantagem do sistema de piso radiante é que ele possui o modelo de aquecimento mais próximo do ideal.

De acordo com um estudo do professor dinamarquês B. W. Olesen, o modelo ideal de calefação para ambientes é aquele no qual as pernas e pés ficam mais aquecidos.

Como no sistema de piso radiante o calor vem de baixo para cima, ele consegue chegar mais próximo desse modelo do que outros sistemas.

Uma outra vantagem do sistema de piso radiante é que ele não possui uma instalação cara, além de ser extremamente seguro.

Ah, e você pode regular a temperatura de cada ambiente da casa separadamente. Por exemplo, o banheiro que possui piso frio pode ser regulado com uma temperatura mais alta.

Dessa forma, todos os ambientes da casa tornar-se-ão mais aconchegantes, e aqueles dias frios de inverno não serão mais problemas no seu lar.

piso aquecido ou piso radiante

Por que o piso radiante é melhor do que o ar quente?

Conforme falamos, o piso radiante é um sistema que vai embaixo do piso, e por isso aquece primeiro nossas pernas e pés.

Já o ar quente faz o caminho inverso. Afinal, ele fica na parte superior do cômodo, então o ar estará mais quente em cima do que embaixo.

Só para ilustrar, no caso do piso radiante regulado em uma temperatura de 24º, nossas pernas e pés sentirão essa temperatura.

Já na região da nossa cabeça a temperatura estará em 20º e no teto ela estará em apenas 16º. Com o ar quente é o oposto que acontece.

Se você regular ele na mesma temperatura de 24º, o teto estará nessa temperatura, a região da cabeça também ficará em 20º, mas a região da perna e dos pés será de 16º.

Então o que vai acontecer? Você vai precisar deixar o ar ainda mais quente para não passar frio, e isso vai gerar muito desconforto na região da sua cabeça.

Sem contar que o consumo de energia elétrica também será maior por conta da necessidade de deixar o ar em temperaturas mais elevadas.

Então vale a pena instalar o sistema de piso radiante na casa?

Quem mora em uma cidade fria, com certeza vale a pena instalar o sistema de piso aquecido. Pois ele vai garantir muito mais aconchego.

Aliás, não só aconchego, como também mais economia para seu bolso. Até porque esse é considerado um dos sistemas mais econômicos do mundo.

E conforme falamos anteriormente, ele também é um sistema seguro, mas isso depende muito também da empresa que você escolher para instalá-lo.

Se for uma empresa séria, todos os termostatos terão a segurança da classe IP, e você pode ficar despreocupado em relação a segurança do seu lar.

instalar piso radiante aquecido é caro

A instalação desse tipo de sistema é muito cara?

Agora vem a melhor parte. O piso radiante é um dos mais econômicos do mundo pelo fato de você não precisar deixar a temperatura do ambiente muito elevada.

Então, a sua conta de energia nunca virá muito alta. Mas não é só no consumo que você ganha. A instalação do sistema também não é cara.

No entanto, isso depende muito do tamanho da sua obra, do piso que você escolher e do tipo de sistema que você pretende instalar.

Pois, conforme vimos, existe o sistema elétrico e o sistema hidráulico, sendo que um pode ficar mais barato que outro dependendo da obra.

Interessante, não é mesmo? Quer saber quanto fica para instalar esse sistema na sua obra?

Entre em contato conosco e peça um orçamento sem compromisso.

Nós vamos procurar entender as suas necessidades e levantar qual será o melhor tipo de sistema para a sua construção. Quer saber mais? Entre em contato e surpreenda-se.

×