Como instalar o piso aquecido?

Uma das dúvidas principais de revendedores, construtores, profissionais e clientes é como instalar o piso aquecido. Por isso, expomos abaixo um passo a passo de como instalar o piso aquecido e os pontos importantes que você deve considerar para que seu sistema seja corretamente instalado.

1) Defina quais ambientes deseja aquecer

É muito importante definir qual ou quais ambientes serão aquecidos para avaliar como instalar o piso aquecido. Em geral, para regiões de clima extremo, é recomendado optar por todos os ambientes da residência. No caso de regiões de clima ameno, é usual a instalação em ambientes sociais específicos (salas, cozinha e escritório) e em todos os ambientes íntimos.

Como é um sistema de baixo consumo, o sistema de piso aquecido de superfície é uma excelente opção para qualquer ambiente. Mesmo assim, no caso de pequenas reformas ou obras menores, os banheiros e, talvez, os dormitórios são excelentes opções.

2) Defina o revestimento de cada ambiente

Após definir os ambientes desejados, o passo seguinte é definir qual o revestimento a ser utilizado. Todo e qualquer revestimento é compatível com sistemas de piso radiante.

Os pisos favoritos para o aquecimento são os pisos considerados “frios” (cerâmicas, pedras e porcelanatos). Suas performances são superiores, se comparadas aos pisos de madeira ou sintéticos. Isso se deve ao fato de suas condutividades térmicas serem superiores, oferecendo, além da velocidade de aquecimento maior, uma resposta no conforto tátil superior.

De qualquer forma, pisos de madeira e sintéticos apresentam um aquecimento bastante satisfatório, além dos benefíciosdo piso aquecido. Conheça os benefícios em O que é piso aquecido elétrico?

3) Selecione o sistema

Após definir o revestimento, o caminho seguinte é escolher o sistema. Entre o sistema de superfície o sistema de acumulação, a dúvida é bastante comum. Para o mercado brasileiro, o sistema de superfície vem se apresentando como franco favorito. Sua característica de instalação favorece tanto reformas, quanto obras novas.

Somado a todos os fatores, o que mais atrai no sistema de superfície é seu consumo reduzido e a velocidade de aquecimento maior.

4) Defina o uso ou não do isolamento

O uso do isolamento na obra é uma decisão muito importante. Como instalar o piso aquecido e esquecer o principal, seu isolamento?

Entretanto, é importante reforçar que pouco se discute no setor de construção civil brasileira o uso de materiais isolantes. Portanto, não é incomum o uso de materiais que sequer cumprem com esta função. Em Piso aquecido consumo de energia é possível encontrar informações importantes sobre seu uso.

Em geral, olhar para materiais como o EPS, o XPS, a lã de rocha, entre outros, é interessante não só do ponto de vista do piso, mas de toda a obra. Uma residência bem isolada termicamente pode oferecer uma redução considerável no consumo de energia, tanto de sistemas de aquecimento, quanto de sistemas de refrigeração.

5) Instale o isolamento acima da laje e cubra com o contrapiso

Caso optar pelo isolamento, é recomendado seu uso acima da laje. Sobre o mesmo, é importante o uso de algum material que aumente a resistência à tração do conjunto. Isso deve-se ao fato de que é a zona de contato de dois materiais de composição muito distante.

As fibras de vidro ou as malhas metálicas são bastante recomendadas para este uso. Após a aplicação de uma delas, é necessário cobrir o conjunto. Para um bom efeito isolante recomenda-se entre 3 a 5cm de contrapiso.

6) Aguarde a cura do contrapiso e instale o cabo de aquecimento

Após a cura do contrapiso, o próximo movimento é instalar o cabo de aquecimento. A fixação do sistema pode ser feita através de buchas ou guias.

O desenho a ser feito precisa respeitar a carga térmica dimensionada (a distância entre as linhas dos cabos determinará a Potência por metro quadrado).

Após instalar o piso aquecido, é importante notificar a todos que estão na obra sobre os cuidados com o sistema. 

7) Cubra o cabo com uma camada de argamassa

Após a instalação do cabo, é recomendada a cobertura do sistema com a argamassa de assentamento em uma consistência mais líquida. A argamassa recomendada é a ACIII.

O uso da argamassa de assentamento nessa etapa facilitará o assentamento do revestimento final, além de proteger o cabo. Este é um passo importante em como instalar o piso aquecido, monitorar o valor de resistência ôhmica do cabo.

8) Assente o revestimento

Após a secagem da primeira demão de argamassa, o passo seguinte é assentar o revestimento final. Sem usar nenhum material cortante ou metálico com pontas cortantes, as peças deverão ser assentadas com cuidado, porém da mesma forma que seria feita sem o cabo.

9) Verifique a resistência ôhmica do cabo

Após assentar o revestimento final, com um multímetro, verifique o valor da resistência ôhmica do cabo. É importante que não haja variações exageradas (ex: de 200 ohms para 200 kohms).

Caso não exista variação ou a variação seja muito pequena, prosseguir com os próximos passos.

10) Instale o disjuntor e a fiação recomendada

Essa etapa pode ser realizada antes mesmo de instalar o cabo. Calcule a carga em Ampéres do sistema e verifique qual a fiação e o disjuntor recomendado para o caso, conforme a NBR5410.

Em geral, até 3600W, pode-se usar fiação devidamente identificada de 2,5mm² (Fase-neutro-terra ou fase-fase-terra). Por se tratar de elemento resistivo, a curva do disjuntor deve ser B.

A Tensão do sistema é 220V.

11) Instale a caixa de passagem e o conduíte

Da mesma forma que a etapa 10, a etapa 11 pode ser realizada antes de instalar o cabo. A caixa de passagem recomendada pode ser a 2x2 (modelo europeu) ou a octagonal 3x3 com anel deslizante. Ambas são compatíveis com 90% dos modelos de termostatos do mercado, mas é importante verificar a compatibilidade.

A altura recomendada das caixas de passagem é a mesma dos interruptores da residência. Sua posição pode ser próxima, também.

No caso do conduíte, é recomendado o uso de um conduíte de, no mínimo, 3/4″.

12) Conecte o sistema à rede elétrica

Após a instalação do sistema, a última etapa de como instalar o piso aquecido é a conexão à rede. O termostato possui entrada para a alimentação elétrica e para o cabo de aquecimento.

Após conectar os cabos, liberar a alimentação elétrica, chega a hora do teste de aquecimento.

É importante lembra que a instalação é a fase mais importante do seu sistema. Todo e qualquer defeito surge nessa etapa, portanto cuidados redobrados e atenção à instalação nunca são demais.

A Vesta preza pelo máximo de cuidados, justamente para evitar infortúnios.

Se você tem dúvidas ou sugestões para novos posts, entre em contato com o nosso departamento de Engenharia: engenharia@vestapisoaquecido.com.br

× Available from 00:00 to 23:59